domingo, 30 de março de 2014

Uma calamidade que lhe tinirão os ouvidos

A seguir, disse-lhes: “É lícito, com o sagrado, fazer uma boa ação ou fazer uma má ação, salvar ou matar uma alma?” Mas eles ficaram calados. 5 E, depois de olhar para eles, ao redor, com indignação, estando profundamente contristado com a insensibilidade dos seus corações, disse ao homem: “Estende a tua mão.”  (Baseado em Marcos 3:4)


"Ofereçamos sacrifícios de toda a alma para Jeová" - Sentinela 15/01/2012

"Ofereçamos sacrifícios de toda a alma"

'se tivésseis entendido o que significa: ‘Misericórdia quero, e não sacrifício’, não teríeis SACRIFICADO os inocentes.' Mt 12:7

BAAL: o Corpo Governante 


Jeremias 19 3-5
3 E tens de dizer: ‘Ouvi a palavra de Yah, ó reis de Judá e vós habitantes de Jerusalém. Assim disse Yah dos exércitos, o Deus de Israel:
“Eis que trago sobre este lugar uma calamidade tal que, ouvindo alguém [falar dela], lhe tinirão os ouvidos; 4 pela razão de que me abandonaram e passaram a fazer este lugar irreconhecível e a fazer nele fumaça sacrificial a outros deuses que não conheceram, nem eles, nem seus antepassados, nem os reis de Judá; e encheram este lugar com o sangue dos inocentes. 5 E construíram os altos de Baal [Governante] para queimar seus filhos no fogo como holocaustos a Baal, algo que não ordenei nem falei, e que nem me subiu ao coração.”

Artigo: 

segunda-feira, 3 de março de 2014

tempo do fim: Daniel 11:40 - SINTELEIA

O Verdadeiro Tempo do fim:  Daniel 11:40 - SINTELEIA

De acordo com o livro de Daniel, quando começa o Tempo do Fim ou Sinteleia?


Como já analisado em artigos anteriores desse blog, o Livro de Daniel, a partir do verso 40 descreve os eventos que ocorrerão durante a Sinteleia ou Terminação do sistema.

Conforme considerado no(s) artigo(s) deste blog:
http://exatoverdade.blogspot.com.br/2013/09/o-rei-do-norte-age-com-eficiencia-parte.html



Parte do artigo http://exatoverdade.blogspot.com.br/2013/09/o-rei-do-norte-age-com-eficiencia-parte.html transcrito abaixo:
------------------------------------------------------------------------------
Ou seja,  esse capítulo 11 de Daniel , especialmente a partir do verso 28, vai descrevendo uma série de eventos, envolvendo a congregação de Jesus Cristo, que ocorrem ANTES do "Tempo do Fim" (prelúdio)...e vai aumentado a "tensão"....até culminar no propriamente dito "Tempo do fim" - a partir do verso 40. 

Obviamente A WatchTower, com sua doutrina de 1914, tem um grande problema com a Verdade, pois segundo ela, o "Tempo do fim" , começa Antes do verso 40!!!!



Para Betel, o tempo do fim começa no verso 27  
Conforme o dogma de 1914, Betel teve que manipular e adequar o "Tempo do Fim", para começar a partir do verso 27. 
Assim Betel ardilosamente fecha os olhos para o contexto para manter o seu dogma.


       O Tempo do fim - Sinteleia - A terminação


O termo  "tempo do fim" descrito a partir de Daniel 11:40, usa a mesma palavra usada para "terminação", é a famosa SINTELEIA.


Note como Daniel 11:40 é traduzido na versão Septuaginta :




Note a palavra  συντελείας ou synteleίas - usada para significar terminação.



Essa palavra συντελείας ou synteleίas é exatamente a mesma que encontramos no famoso verso de Mateus 24:3, onde lemos: 


Mateus 24:3 Enquanto estava sentado no Monte das Oliveiras, aproximaram-se dele os discípulos, em particular, dizendo: “Dize-nos: Quando sucederão estas coisas e qual será o sinal da tua presença e da terminação [synteleίas] do sistema de coisas?”



Note a palavra συντελείας ou synteleίas na versão (tradução) Septuaginta em GREGO de Mateus 24:3






De modo que a Tradução do Novo Mundo poderia [DEVERIA] verter o texto de Daniel 11:40, da mesma forma que ela verteu Mateus 24:3:




Daniel 11:40 “E, na terminação [συντελείας / synteleίas] do sistema de coisas, o rei do sul se empenhará com ele em dar empurrões, e o rei do norte arremeterá contra ele com carros, e com cavaleiros, e com muitos navios; e ele há de entrar nas terras, e inundar, e passar. 
----------------------------------------------------------------------------------------

Se, conforme descrito no verso 40 , o Rei do Norte há de inundar e devastar o Rei do Sul, o que podemos esperar para o futuro?

Já consideramos a resposta em artigos passados:



Os vendidos para a "Nova Ordem" chamarão essa guerra de "Armagedom"...como que se o que viesse depois dela fosse o "Paraíso".


Livro Raciocínios (sobre 1914) - WatchTower 

Foi preciso estabelecer uma falsa parusia/sinteleia a fim de estabelecer "falsos Cristos", um falso paraíso "espiritual".  (2 Tess 2:1-12)


sábado, 1 de março de 2014

Tudo que o Pai faz o Filho também faz

Mateus 18:17 Se não os escutar, fala à congregação. Se não escutar nem mesmo a congregação, seja ele para ti apenas como homem das nações e como cobrador de impostos.

   "seja ele para ti apenas como homem das nações e como cobrador de impostos."

Segundo o entendimento da WatchTower, essas palavras de Jesus estão relacionadas ou formam referência/correlação com as seguintes palavras do apóstolo Paulo:

Romanos 16:17
17 Exorto-vos agora, irmãos, que fiqueis de olho nos que causam divisões e motivos para tropeço contra o ensino que aprendestes, e que os eviteis.

1 Coríntios 5:11
Mas, eu vos escrevo agora para que cesseis de ter convivência com qualquer que se chame irmão, que for fornicador, ou ganancioso, ou idólatra, ou injuriador, ou beberrão, ou extorsor, nem sequer comendo com tal homem.


Assim a "Organização" define o seu entendimento das palavras de Jesus Cristo, usando as palavras e ações do apóstolo Paulo.

Eu gostaria de propor uma abordagem ou metodologia diferente. Permita-me explicar o motivo:

Em termos genéricos: Se o objetivo é entender o significado de uma entidade "A". Quem deve ter prioridade em definir "A"? Uma outra entidade "B" ou a própria entidade "A"?

Trocando em miúdos: Quem deve ter maior prioridade para definir nosso entendimento das palavras de Jesus Cristo? As palavras e ações do apóstolo Paulo ou as palavras e ações do próprio Jesus Cristo?

A minha abordagem é justamente utilizar as palavras e ações do próprio Jesus Cristo para entender o que Jesus Cristo diz.


Iniciemos a abordagem…
No contexto de suas palavras, Jesus está explicando como lidar com os pecados das pessoas. Mas essas pessoas não era pessoas quaisquer. Eram pessoas Pactuadas e Dedicadas à Deus.  

É fundamental lembrar que todas essas pessoas faziam parte de uma nação DEDICADA à Deus. A pessoa pecadora em questão já era uma pessoa PACTUADA e DEDICADA à Deus. Pertenciam à "ekklesia" de Deus. 

As pessoas das nações ou gentios não faziam parte dessa ekklesia. As pessoas das nações não eram pessoas pactuadas e dedicadas à Deus.

De modo que, quando Jesus disse: "seja ele para ti apenas como homem das nações e como cobrador de impostos" equivale a dizer: "seja ele para ti como uma pessoa NÃO DEDICADA a Deus".

                   "seja ele para ti como uma pessoa das nações"

A questão agora é: Como uma pessoa pertencente à nação dedicada à Deus deveria tratar aquele que para ela é "uma pessoa não dedicada a Deus"? Como a nação dedicada à Deus deveria tratar as pessoas das nações?


Levítico 19:33 “‘E caso um residente forasteiro resida contigo no vosso país, não deveis maltratá-lo. 34 O residente forasteiro que reside convosco deve tornar-se para vós como o vosso natural; e tens de amá-lo como a ti mesmo, pois vos tornastes residentes forasteiros na terra do Egito. Eu sou Jeová, vosso Deus.

"Seja ele PARA TI":  Trate esse Pecador pertencente à nação dedicada à Deus da mesma forma que você trata um forasteiro (VISITANTE), uma pessoa que não é dedicada a Deus: "Não deveis trata-lo mal" - Sem represálias, Sem chantagens emocionais.

Deixemos que as palavras e ações do próprio Jesus Cristo falam por ele:

João 5:19 Mas Jesus declarou:
—Digo a verdade a vocês: O Filho nada pode fazer por si próprio; ele só faz o que vê o Pai fazer, porque tudo que o Pai faz o Filho também faz. 

Para Jesus, qual era então a forma de tratar aquele que, embora pertencente à nação DEDICADA e PACTUADA , para ele era "apenas como homem das nações e como cobrador de impostos"

                    "tudo que o Pai faz o Filho também faz"

Marcos 2:16
 Mas os escribas dos fariseus, quando viram que ele comia com os pecadores e os cobradores de impostos, começaram a dizer aos discípulos: “Come ele com os cobradores de impostos e os pecadores?”

Lucas 5:30
30 Em vista disso, os fariseus e seus escribas começaram a murmurar aos discípulos dele, dizendo: “Por que é que comeis e bebeis com os cobradores de impostos e os pecadores?”

Lucas 7:39
39 À vista disso, o fariseu que o convidara dizia no seu íntimo: “Este homem, se fosse profeta, saberia quem e que espécie de mulher [pertencente à nação Dedicada e Pactuada] é que o toca, que ela é pecadora.”

Lucas 15:2
2 Conseqüentemente, tanto os fariseus como os escribas murmuravam, dizendo: “Este homem acolhe pecadores e come com eles.”

Lucas 19:7
7 Mas, quando viram [isso], todos começaram a murmurar, dizendo: “Entrou para pousar com um homem [da nação Pactuada e Dedicada] que é pecador.”

Mateus 9: 10 Mais tarde, enquanto estava recostado à mesa, na casa, eis que vieram muitos cobradores de impostos e pecadores, e começaram a recostar-se com Jesus e seus discípulos. 11 Vendo isso, porém, os fariseus começaram a dizer aos discípulos dele: “Por que é que o vosso instrutor come com os cobradores de impostos e os pecadores?”

De modo que Jesus comia com pessoas que, embora dedicadas à Deus, cometiam graves pecados. Eis o motivo:


Lucas 6:27 “Mas, eu digo a vós, os que estais escutando: Continuai a amar os vossos inimigos, a fazer o bem aos que vos odeiam, 28 a abençoar os que vos amaldiçoam, a orar pelos que vos insultam.
31 “Também, assim como quereis que os homens façam a vós, fazei do mesmo modo a eles.

(O teu inimigo é todo aquele que discorda de você, e discorda nos assuntos mais importantes)

32 “E, se amardes aos que vos amam, de que mérito é isso para vós? Pois até mesmo os pecadores amam aos que os amam. 33 E, se fizerdes o bem aos que vos fazem o bem, realmente, de que mérito é isso para vós? Até os pecadores fazem o mesmo.
35 Ao contrário, continuai a amar os vossos inimigos e a fazer o bem,… e sereis filhos do Altíssimo, porque ele é benigno para com os ingratos e os iníquos. 36 Continuai a tornar-vos misericordiosos, assim como vosso Pai é misericordioso.

Mateus 5:46 Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem também a mesma coisa os cobradores de impostos? 47 E, se cumprimentardes somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário?

                    "Os pecadores amam aos que os amam."

De modo que se alguém passa a não cumprimentar, ou passa a rejeitar outra pessoa, seja qual for o motivo, a pessoa que age dessa forma (rejeitando outras pessoas) está agindo como agem as pessoas NÃO DEDICADAS à Deus. A pessoa que desassocia outra de sua convivência se torna pecadora. Ela está cometendo um pecado contra o seu próximo (o Samaritano apóstata também é teu próximo). Ela está pecando contra o Segundo Maior Mandamento. Já os que amam seus inimigos são filhos do Altíssimo.
(Amar:  cumprimentar, visitar, tomar refeições juntos, discutir assuntos, respeitar opiniões divergentes, não exigir submissão, respeitar o livre arbítrio, respeitar o livre pensar, o livre agir)

                  "tudo que o Pai faz o Filho também faz" -João 5:19

Quem tem visto as ações de Jesus Cristo tem visto as ações do Pai. E cada um que é filho, imita o Pai que tem.

João 14:6: Quem me tem visto, tem visto o Pai.…o Pai, que permanece em união comigo, está fazendo as suas obras.

12 Digo-vos em toda a verdade: Quem exercer fé em mim, esse fará também as obras que eu faço ("acolhe pecadores e come com eles.”, "Amará os inimigos")

"Minhas ovelhas escutam a minha voz e eu as conheço, e elas me seguem" - Jo 10:27

Se sois filhos de Deus, fazei as obras de Deus. Mas agora buscais matar a mim, um homem que vos disse a verdade que eu ouvi de Deus. Vós fazeis a obra de vosso pai  (João 8:39-41 , João 14:6)

                      "tudo que o Pai faz o Filho também faz"

Tornai-vos imitadores de Jesus Cristo, assim como ele imitou a Deus.

E sereis filhos do Altíssimo...e comereis do pão e bebereis do vinho