sábado, 28 de dezembro de 2013

Você crê nisto?

João 11:26
 e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Você crê nisto? (Easy-to-Read Version (VFL))

João 8:51

Digo-vos em toda a verdade: Se alguém observar a minha palavra, nunca jamais verá a morte.”

Como analisamos em um artigo passado, a Obediência Plena às Palavras de Jesus Cristo faz com que um ser humano se torne Perfeito - livre de Pecado


Pode Google acabar com a morte?

A Exata Verdade do motivo de não termos alguém que "nunca jamais viu a morte” é porque não temos alguém que realmente "observou a minha palavra" - a de Jesus Cristo, ou seja, as de Deus que o enviou.

Ironicamente toda religião doravante "vende vida eterna" para seus "clientes", mas nenhuma religião foi capaz de fornecer prova convincente a respeito disso - a saber - um "cliente religioso que nunca jamais viu a morte."  

Não que religião não tenha insistido em vender "vida eterna". Contudo a realidade é que os "clientes religiosos" compraram e continuam comprando "gato por lebre".

                Mas então por que eles morreram?


"milhões que agora vivem jamais morrerão" - "milhões que agora vivem nessa cidade nunca morrerão"

"milhões que agora vivem jamais morrerão"

"milhões que agora vivem jamais morrerão"

Milhões que viveram na primeira metade do século XX realmente acharam que nunca morreriam. Mas morreram. 
O problema está no parâmetro, na referência, no Caminho.

No caso exposto nas imagens acima, o parâmetro que essas pessoas estabeleceram para si mesmas foi o juiz Rutherford e a Organização centrada na WatchTower.

Assim elas desperceberam qual era o Verdadeiro Referencial:

João 8:51
Digo-vos em toda a verdade: Se alguém observar a minha palavra, nunca jamais verá a morte.”

O ponto é que temos que ser específicos em observar a palavra falada por Jesus Cristo.

Conforme predito pelo próprio Jesus, ele alertou que a Palavra dele seria "temperada com Joio" ou "fermentos". Ele mandou vigiar a respeito disso. Lucas 12:1

A prova convincente do fracasso da religião Organizada vem no dia em que é enterrado aquele que senta "sobre muitas águas" - o "Papa" ou "Corpo Governante" ou o Líder Máximo daquele "estabelecimento" religioso [comercial].

Por que aquele que é encarado pelos "clientes" como "exemplo a ser seguido" morreu? Por que aquele que aceita e recebe o título de "Papa", "Governante" morreu de "morte morrida"?

Eis a Resposta simples e objetiva:

João 8:51
Digo-vos em toda a verdade: Se alguém observar a minha palavra, nunca jamais verá a morte.”

Digo-vos em toda a verdade:Se alguém Não observar a minha palavra, Certamente verá a morte.”


       A evidência convincente a respeito do pecado

João 16:8 E, quando este chegar, dará ao mundo evidência convincente a respeito do pecado, e a respeito da justiça, e a respeito do julgamento: 9 em primeiro lugar, a respeito do pecado, porque não exercem fé em mim.


A evidência convincente a respeito do pecado é a morte daqueles que "se declaram justo diante dos homens"  - Lucas 16:15

Isso prova que tais "papas e governantes" não tem autoridade para julgar, nem desprezar, nem desassociar, nem matar (físico ou socialmente) a qualquer outro ser humano.

A própria razão de que falharam:
"Em primeiro lugar, a respeito do pecado, porque não exercem fé em mim." 
Porque se exercessem realmente fé em Jesus Cristo - "todo aquele que vive e crê em Jesus nunca morrerá"Você tem fé nisto?

Assim se você está envelhecendo e morrendo - saiba que não passa de um iníquo igual a qualquer outro iníquo - não importa a sua Religião.

A importância de reconhecer que se é um iníquo é nos tornar conscientes do problema a fim de que o problema não mais permaneça. (João 9:41)

Se alguém tiver dúvidas se é iníquo (Lucas 11:13), existe uma maneira simples e objetiva de tirar essa dúvida: Olhe-se no espelho. E lembre-se da Verdade: Se alguém observar a minha palavra, nunca jamais verá a morte.”

A "religião" (com um papa, um corpo governante, etc) é um impedimento ao grau estabelecido por Jesus Cristo: "tendes de ser Perfeitos" - Mateus 5:48

A religião faz com que o "cliente" fique "atolado" no "perdão de pecados" - assim como um comerciante quer sempre manter a dependência de seus clientes aos seus "produtos" ou às suas "drogas". O Vendedor religioso faz o "cliente" esquecer-se do objetivo principal: "ser perfeitos, assim como o vosso Pai celestial é perfeito."

Jesus respondeu:
—Se alguém me ama, obedecerá ao meu ensino. Meu Pai o amará, nós viremos até ele e viveremos com ele. 24 Quem não me ama não obedece aos meus ensinamentos. - João 14:23 

"Não obstante, quando chegar o Filho do homem, achará realmente fé na terra?” - Lucas 18:8

sábado, 14 de dezembro de 2013

Antes de todas estas coisas

Em sua descrição dos eventos relacionados à terminação do sistema de coisas, Jesus aponta para um acontecimento que envolveria diretamente os seus seguidores. Esse acontecimento ocorreria "ANTES".

Lucas 21:12 “Mas, antes de todas estas coisas, as pessoas deitarão mãos em vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, sendo vós arrastados perante reis e governadores por causa do meu nome.
13 Isto vos resultará num testemunho.

O versos acima descrevem o que ocorreria aos discípulos de Jesus Cristo: Seriam julgados nas sinagogas. Veremos mais detalhes desse julgamento à diante. O Ponto agora é a linha do tempo dos Eventos.

Note que Jesus Cristo disse que esse "julgamento" se daria "antes de todas estas coisas". Antes do que especificamente?

                        "Mas, antes de todas estas coisas"

Antes de quê?
Para sabermos "todas estas coisas" que seriam precedidas pelo "julgamento" sofrido pelos discípulos devemos recorrer aos versos anteriores de Lucas: "Estas" coisas no contexto:

Lucas 21:10 Então prosseguiu a dizer-lhes: “Nação se levantará contra nação e reino contra reino; 11 e haverá grandes terremotos, e, num lugar após outro, pestilências e escassez de víveres; e haverá vistas aterrorizantes e grandes sinais do céu.

12 “Mas, antes de todas estas coisas, as pessoas deitarão mãos em vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, sendo vós arrastados perante reis e governadores por causa do meu nome.
13 Isto vos resultará num testemunho.

De modo que podemos equacionar:

"antes de todas estas coisas" se refere a ANTES de Nação se levantar contra nação e reino contra reino", ANTES de haver "grandes terremotos", ANTES de haver  pestilências e escassez de víveres ,  ANTES de haver vistas aterrorizantes e grandes sinais do céu.

O que tem de ocorrer ANTES dessas coisas?

Lucas 21:12 “Mas, antes de todas estas coisas, as pessoas deitarão mãos em vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, sendo vós arrastados perante reis e governadores por causa do meu nome.
13 Isto vos resultará num testemunho.


Isso expõe mais uma pedra na "Torre de Inconsistências" referente à doutrina de 1914 - Qual operação do erro -2 Tess 2:1-14
Não ficará pedra sobre pedra sem ser escrutinada.

----------------------------------------------------------------------------------------
Fica assim a questão para o "Quadro Queira Responder"

De que forma, antes de 1914, "antes de todas estas coisas", as pessoas deitaram mãos em vós e vos perseguiram, entregando-vos às sinagogas e às prisões, sendo vós arrastados perante reis e governadores por causa do meu nome?
----------------------------------------------------------------------------------------


Longe de estar relacionado a algo que ocorreu antes de 1914,  Jesus revela o que ocorreria no prelúdio da AUTÊNTICA terminação do sistema de coisas.

                             "entregando-vos às sinagogas"

A primeira entidade a julgar os discípulos de Jesus Cristo seria justamente o lugar que eles anteriormente frequentavam: as sinagogas (locais para "adoração" - conhecidos como "salões" de reunião)

Dentro de cada sinagoga há um Tribunal Local onde é formado uma comissão Judicativa onde uma pessoa é acusada perante "reis" e "governadores". Os anciãos são tidos como "reis" e "príncipes" que exercem o poder Executivo. E há o Corpo Governante (reis governadores ) que possuem o Poder Legislativo e Administrativo.

Assim, Jesus profetizou que, "antes de todas as coisas" seus alunos teriam de ser Julgados - como iníquos, pela própria nação que eles mesmos pertenciam. Tal como foi o caso do Mestre.
Os homens vos expulsarão da Sinagoga


                      "Isto vos resultará num testemunho."

Nesse dia em que o aluno de Jesus Cristo é colocado num Tribunal diante dos "reis e governadores" a fim de ser "julgado" pela comissão judicativa, nesse dia o aluno se torna um mártir - Uma Testemunha de Jesus Cristo.  
Como os reis e governadores são os responsáveis pela instrução do seus subordinados, ao testemunhar diante de "reis" e "governadores" - toda a "nação" é testemunhada por extensão. (Eis que ninguém deveria chamar alguém na terra de "governante" - doravante  cada povo merece o governante que tem - uma questão de livre escolha)


Mateus 10:23 Quando vos perseguirem numa cidade, fugi para outra; pois, deveras, eu vos digo: De modo algum completareis o circuito das cidades de Israel antes de chegar o Filho do homem.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Boas Novas do que é Reinar no Reino do Céu

                          Os Sentados como "Rainha" - Rev 18:7

Nesse fim de semana passado levantei, como de costume, a seguinte pergunta para as pessoas:

Você sabe quem é o autor da seguinte frase:

"Não chameis a ninguém na terra de vosso Papa ou pai"
"Não chameis a ninguém na terra de vosso Governante ou Líder"
(Mateus 23:8-10)

A vasta maioria das pessoas desconhecem o autor dessa mensagem.

Depois de lhes revelar o autor (Jesus Cristo), eu acrescentei o seguinte:

Olhando para os Católicos...vemos o Papa ou Santo padre ou "Holy Father"...reinando sobre os católicos.

Olhando para as Testemunhas de Jeová...vemos o Corpo Governante ...reinando sobre as testemunhas.

Olhando para os Mórmons ...vemos os "santos dos últimos dias (Elders)" ...reinando sobre tais.

Os "evangélicos" também com os seus "Boiadeiros" ...reinando sobre o gado.

Quem que, todos esses que estão sentados como "Rainha", dizem representar? Serem Vícar ou vigário?

"De Jesus Cristo" - respondiam as pessoas.

Contudo, Não estão esses fazendo justamente o oposto ao que Jesus estabeleceu?

"Não chameis a ninguém na terra de vosso Papa ou pai"
"Não chameis a ninguém na terra de vosso Governante ou Líder"
(Mateus 23:8-10)

De fato, tais "reis das nações espirituais" estão comportando-se como ANTI-Cristo. 

Quando alguém faz o oposto em relação a certa informação, ele é um Opositor ou Satan daquela informação.
  
          
                     As "testemunhas" não respondem, se calam.

Ao continuar lançando sementes do Reino em tudo que é solo (muitos solos asfaltados por aí), deparei-me com uma "banca de revistas" ambulante onde havia um par de "revisteiros" oferecendo suas muitas revistas. Um grande letreiro "PERGUNTAVA": O que a Bíblia Realmente ensina? Entre outras perguntas.  Havia também cerca de uma dúzia de pessoas na redondeza.

Ao me aproximar dos dois revisteiros, falei o seguinte:

 - Bom dia, gostaria de saber a sua resposta à seguinte pergunta:
 - Qual foi o maior rei que reinou na cidade de Jerusalém?

As testemunhas disseram:
 - Mas você está disposto a estudar a Bíblia conosco?

Eu respondi:
- Olha, eu estou diposto a estudar a Bíblia com qualquer pessoa. Eu estou particularmente interessado na opinião de vocês referente à pergunta:  - Qual foi o maior rei que reinou na cidade de Jerusalém?

Mais uma vez, fiquei a "ver navios", eles disseram:
 - Nós queremos saber se você está disposto a estudar conosco.

Repliquei:
 - Eu estudo com vocês, mas vocês não querem estudar comigo. Por que não respondem simplesmente à minha pergunta? Qual foi o maior rei que reinou na cidade de Jerusalém? Vocês estão aqui com várias perguntas escritas em letras garrafais. Quando chega uma pessoa fazendo apenas uma pergunta, por que vocês não querem responder? Se eu perguntasse:  "Que horas são?" - vocês responderiam??

(Pensei, mas não falei: Se eu perguntasse: "Qual o nome de Deus?" , responderiam? "Existe inferno de fogo?", responderiam? "Existe alma imortal?", responderiam? Deus é uma Trindade?, responderiam?)

Eles retrucaram:
- Ahh, mas essa pergunta é diferente! Temos que saber sua motivação...seu interesse em perguntar essa pergunta.

Eu respondi:
- O meu interesse ao fazer a pergunta: "Qual foi o maior rei que reinou na cidade de Jerusalém?", é justamente saber qual vai ser sua resposta.

Esse "loop" se repetiu ainda mais umas três iterações, até que por fim eu fiz o seguinte:

Entre as pessoas ao redor, havia um casal "do mundo" que eu escolhi a esmo. (Estava mais perto)

Eu dirigi me à moça, que estava ao lado de seu namorado, e perguntei:

 - Você poderia, por favor, dar a sua resposta à essa pergunta?

 -"Qual foi o maior rei que reinou na cidade de Jerusalém?"

A moça respondeu:
 - Foi Jesus Cristo.

Concordo! - respondi eu.  (o Leitor também Concorda?)

Ao dar uma boa olhada nas pessoas que estavam presenciando o evento...percebi um olhar de "por que fazem tanto caso pra responder essa pergunta a esse rapaz!!!"

Eu esclareci para o público (e para as próprias testemunhas inclusive) o motivo do "silêncio das testemunhas" diante dessa aparentemente simples questão .

Sabe o por quê não respondem a essa pergunta?

Acontece que para as testemunhas de Jeová, Jesus não praticou a ação do verbo reinar em Jerusalém. Para a Torre de Vigia que publica essas revistas, Jesus não foi um Rei que Reinou. Jesus não praticou a ação de reinar.

Na mente das testemunhas, elas enxergam Davi reinando, Salomão reinando, Zedequias, Josias ...mas o Rei Maior que Salomão, ou seja, Jesus - a esse eles não são capazes de atribuir a ação do verbo Reinar.

O motivo? Dogmas... um dogma chamado 1914...


 “Deveras, eu vos digo que os cobradores de impostos e as meretrizes entrarão na frente de vós no reino de Deus."  - João 21:31

Jesus - O Maior Rei de Jerusalém
Um Rei que não entra na lista da WatchTower
O reinar segundo a Meretriz